Ocorreu um erro neste dispositivo

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Sou um dos dedos da Cátia... Ela escreveu isto sobre mim :-)... Adoro-te gaja :-)

"Não vou contar como surgiu este post, simplesmente porque não é isso que importa!
Vou sim, vaguear no meu pensamento, nas minhas recordações e sorrir, porque é nisto que o André Rodriguez é um perito (fazer-me sorrir e rir à gargalhada).
Quando era pequenota contava os amigos pelos dedos das mãos e gostava de chegar aos dos pés (era sinal que tinha muitos), mas facilmente a ilusão caiu e percebi que era preferível contar apenas os dedos das mãos, desde que fossem contados com uma história verdadeira, que me acompanhasse para sempre! Esses são ao amigos, pensava eu.
Num desses dedos, contava o "nosso André"! Já não era assim tão pequenota, nessa altura. Aliás, já era bem crescida quando o comecei a contar! Mas o que é certo é que, desde essa altura, nunca o deixei de contar... faz sempre parte de um dos dedos das minhas mãos.
E hoje sei que a sua presença é cada vez mais notável e sentida, crescemos como amigos e é giro perceber isso! Sei que posso mandá-lo à merda, sei que o posso ignorar, sei que posso rir com ele e chateá-lo que, de qualquer das maneiras, estará lá quando eu precisar... aliás, esta é uma das particularidades do André, a disponibilidade.... uma disponibilidade bem-disposta ;)
Fico chateada quando ele se lembra de não aparecer, ou simplesmente aparece com um ar rabugento e não "liberta a frustração", mas pronto, também sei que, normalmente dura pouco tempo!
Ah!É também o meu companheiro na loucura, e aliás penso que foi essa a base da nossa ligação, querer marcar pela diferença (os piercings, a roupa, os cortes de cabelo)!
Podia dizer muito mais, mas guardo-o no coração!
É bom ter o André nos dedos da minha mão ;)"

1 comentário: